IRENE BUARQUE

Irene Buarque

 

 

1943, São Paulo, Brasil

Vive e trabalha em Lisboa desde 1973.

 

1964/67 – Faculdade de Artes Plásticas Fundação Armando Álvares Penteado, São Paulo, Brasil.

1973/74 – Bolseira na Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa, Portugal.

1977 – Fotografia na AR.CO, Lisboa.

1990 – Cerâmica na AR.CO, Lisboa.

1994 – Escultura no Centro Internacional de Escultura, Sintra, Portugal.

Livros de artista

Principais Exposições Individuais

 

1971 – Galeria Ars Mobile, São Paulo, Brasil.

1972 – Galeria Arnaud, Rio de Janeiro, Brasil.

1975 – Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa, Portugal.

1976 – Galeria Múltipla, São Paulo.

1978 – Galeria Quadrum, Lisboa – Instalação “Leitura e Contra Leitura de um Espaço Limite: Janela”.

1981 – Centro Nacional de Cultura, Lisboa. Escolha do crítico Ernesto de Sousa.

1983 – Galeria Diferença, Lisboa – Instalação “Passo-a-Passo”

1987 – Galeria Diferença, Lisboa – Instalação “Um Jardim Bem Fechado”

1989 – Museu de Arte Contemporânea de São Paulo – Instalação “Jardim Bem Fechado II”

1994 – Galeria de Colares, Sintra – “A Leitura da Pedra”

1994 – Instalação “Vislumbre”, Capela do Campo Santo, Palácio Nacional de Mafra, Portugal.

1995 – “Um Jardim Zen para Salette Tavares” – Casa Fernando Pessoa – Lisboa.

1996 – Instalação “Pessoa Astral”, Casa Fernando Pessoa – Lisboa.

1996 – Jardim Zen II – Galeria Municipal de Alverca, Portugal.

1997 – Instalação “Pessoa Astral” – Centro Cultural Calouste Gulbenkian, Paris, França.

1998 – Instalação “Pessoa Astral” – Maison du Livre, Bruxelas, Bélgica.

1999 – Instalação “Pessoa Astral” – Cultureel C. Berchem, Antuérpia, Bélgica.

1999 – Galerias Trem e Arco, Faro e Galeria Diferença, Lisboa.

2002 – Geometrias Variáveis, Galeria Ratton, Lisboa.

2003 – “Pedras Lavradas”, Galeria Giefarte, Lisboa.

2006 – Pinturas sobre madeira, Galeria Giefarte, Lisboa.

2007 – “Bolhas e Bolas", Galeria Flores do Cabo, Sintra, Portugal.

2008 – Pinturas sobre madeira, Teatro Municipal, Almada.

2012 – “Tábua”, com Tiago Farinha, Galeria Diferença, Lisboa.

2016 – “Yellow Blue”, Galeria Diferença, Lisboa.

 

 

Principais Exposições Colectivas

 

1967 – Bienal de São Paulo, Brasil.

1968 – New York University, New York, U.S.A.

1970 – Pré Bienal de São Paulo.

1971 – Abstractos e Geométricos,  Paço das Artes, São Paulo.

1971 – 5ª Jovem Arte Contemporânea no Museu de Arte Contemporânea de São Paulo.

– Prémio de Aquisição

1972 – XXI Salão Nacional de Arte Moderna, Rio de Janeiro

1972 – 8º Salão de Arte Contemporânea, Museu de Arte Contemporânea de Campinas, São Paulo.

– Prémio de Aquisição

1975 – Grabadores Brasileños, Galeria Durero, Madrid, Espanha.

1976 – Panorama da Arte Contemporânea Brasileira,  Museu de Arte Moderna de São Paulo.

1978 – “Artistas Portugueses de Hoje”, Laboratório Teoria e Prática de Comunicação, Milão, Itália.

1978 – 8ª Feira de Arte de Bolonha pela Galeria Quadrum de Lisboa.

1979 – Salão de Arte Moderna da Funarte, Rio de Janeiro.

1979 – Sacon 2, Museo Vostell Malpartida de Cáceres, Espanha.

1981 – Organiza e Participa: “25 Portugueses de Hoje”, Museu de Arte Contemporânea de São Paulo.

1981 – “Exposição Internacional de Livros de Artista”, Galeria Nicole Altonian, Paris, França.

1982 – “Foto-Ideia”, organizada por Walter Zanini no Museu de Arte Contemporânea de São Paulo.

1985 – “Diferença Diálogo”,  Galeria Diferença, Lisboa.

1985 – “Colectiva Janco-DADA Museum”, Israel.

1985 – “Colectiva Experimental Art”, Club of Young Artists, Budapeste, Hungria.

1985 – “A Természet/Nature”, Pésci Galeria, Pécs, Hungria.

1986 – “Projecto Vermelho/Progetto Rosso”, Fundação Armando Álvares Penteado, São Paulo.

1989 – I Bienal de Fotografia de Vila França de Xira, Portugal.

1991 – “Geração 60” Jovem Arte Revisitada, Museu de Arte Contemporânea de São Paulo.

1992 – 1ª Mostra Internacional de Minigravado Cidade de Ourense, Ourense, Espanha.

1993 – III Bienal de Fotografia de Vila Franca de Xira.

1993 -  III Bienal de Cerâmica Artística de Aveiro, Portugal.

1994 – “Imagens do 3º grau”, colectiva de fotografia, Instituto Camões, Lisboa.

1995 – Mulheres e Direitos Humanos, 20 artistas convidados pela Amnistia Internacional,Galeria da Mitra,

Lisboa.

1995 – Colectiva do Acervo do Museu de Arte Moderna de São Paulo.

1996 – Colectiva Internacional de Escultura, Centro Internacional de Escultura, Sintra, Portugal.

1997 – Colectiva Internacional de Escultura – Cooperativa Árvores, Porto, Portugal.

1998 – “Livro da Artista” participa e organiza exposição para a galeria Municipal de Alverca, Galeria

            Municipal Trem Arco, Faro e SNBA, Lisboa.

1998 – “Sensibilidade Femininas do Nosso Tempo”, Palácio Foz, Lisboa.

1999 – Novas Aquisições do acervo da Pinacoteca do Estado de São Paulo.

2001 – Portugueses em El Museu Vostell, Malpartida de Cáceres, Espanha.

2003 – Colectiva na Galeria Diferença, Lisboa.

2003 – Colectiva de Artista da Galeria Ratton, Aveiro.

2004 – Colectiva 30x30, Galeria Diferença, Lisboa.

2004/08 – Bienal Internacional de Montijo – Artista Convidada.

2008 – Colectiva de Gravuras, Galeria Diferença, Lisboa.

2008 – Colectiva Acervo, Galeria Diferença, Lisboa.

2009 – “Ninguém Imagina… Sobre Papel”, Galeria Diferença, Lisboa

2010 – “Livro de Artista”, Galeria Diferença, Lisboa

2011 – Colectiva de Desenhos, Galeria Diferença, Lisboa

2012 – “Fernando Azevedo: Um Texto - Uma Obra” (vídeo instalação “Vislumbre”, Palácio Nacional de  Mafra, 1994), SNBA, Lisboa

2012 – “Tarefas Infinitas”, Exposição Colectiva Internacional de Livro de Artista, Museu Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa

2012 – “30x30”, Galeria Diferença, Lisboa

2013 – “Sob o Signo de Amadeu - um século de arte moderna - 30 Anos do CAM - Centro de Arte Moderna da Fundação Calouste Gulbenkian”

2015 – “Sobre Papel”, Galeria Diferença, Lisboa.

 

 

 

Prémios

 

1971 – 8º Jovem Arte Contemporânea, Museu de Arte Contemporânea de São Paulo, Prémio de Aquisição.

1972 – Museu de Arte Contemporânea de Campinas, São Paulo, Prémio de Aquisição.

1988 – Reabilitação do Elevador de Santa Justa, Lisboa / 1º Prémio, Equipa arqt.º Nuno Teotónio Pereira.

1998 – Prémio Repsol, conjunto escultórico na auto-estrada A6, Vendas Novas, Portugal.

2000 – Menção Honrosa no concurso de ideias paras as novas estações do Metropolitano de Lisboa.

 

 

Arte Pública

 

1997 – Reabilitação do Paços do Concelho de Lisboa, C. M. L., peça escultórica e desenho de piso.

1998 – Repartir o Sol, conjunto escultórico para estação de serviço Repsol na auto-estrada A6, Vendas Novas.

2000 – Portas da Cidade do Montijo, escultura monumental com arqt.º Nuno Teotónio Pereira e eng. Teixeira Trigo, Montijo, Portugal.

2001 – Praça do Município da Covilhã, conjunto escultórico, Covilhã, Portugal.

2002 – Estação da Ameixoeira do Metropolitano de Lisboa, intervenção plástica.

 

 

 

Outros Trabalhos

 

1968/72 – Assistente de cenografia de Maria Bonomi em São Paulo.

1977 – Cenários e figurinos para o Ballet da Fundação Calouste Gulbenkian.

1978/79 – “Prédios e Vilas de Lisboa”, levantamento fotográfico com Arqt.º Nuno Teotónio Pereira,  publicado em 1996 pela Edições Horizonte.

1978/93 – Trabalhos gráficos e edições postais para as editoras Rolim e Colares.

1979/95 – Membro fundador e da direcção da Cooperativa Diferença, Lisboa.

2000/17 – Membro da direcção da Cooperativa Diferença, Lisboa.

 

 

Representação em Colecções Públicas e Privadas

 

Museu de Arte Contemporânea de São Paulo, Museu de Arte Contemporânea de Campinas, Brasil, Pinacoteca de Estado de São Paulo, Senado de Brasília, Brasil, New York University, U. S. A., Museo Vostell, Espanha, Centro de Arte Moderna da Fundação Calouste Gulbenkien, Lisboa, Biblioteca da Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa, Museu de Arte Moderna de São Paulo, Colecção Nicole Altonian, Paris, Museu de Arte Brasileira da Fundação Armando Álvares Penteado, São Paulo, Museu Municipal Ourense, Espanha, Instituto Camões, Lisboa, Câmara Municipal de Vila Franca de Xira, Portugal, Fundação Carmona e Costa, Lisboa, Colecção Leon e Freda Kunstler, Antuérpia, entre outras.

 

 

Bibliografia

 

Catálogo Geral Museu de Arte Contemporânea de São Paulo, Brasil.

Catálogo Geral Pinacoteca do Estado de São Paulo.

História Geral da Arte no Brasil – Professor Walter Zanini. 2 vol. pp. 764 e 787

Edição do Instituto Walter Moreira Salles, São Paulo.

Fundação Djalma Guimarães, 1983, São Paulo.

Revista Colóquio Artes número 24 Outubro 1975, Lisboa, Portugal.

Revista Colóquio Artes número 33 Junho 1997, Lisboa.

Revista Sema, números 1, 2 e 3/1979 e número 4/1982, Lisboa.

1ª Bienal de Fotografia, 1989, C. M. Vila Franca de Xira

“Les Signes Du Temp et L’Art Moderne” Autor – René Huyghe, pp. 124 e 125 – 1985.

Liber Amicorum – In Memória de Calouste Sarkis Gulbenkian, Lisboa 1994.

Revista Tabacaria números 0 e 1, Casa Fernando Pessoa, 1996, Lisboa.

Museu Virtual: 100 Autores Portugueses, CD-ROM, dirigido por António Cerveira Pinto editado por Aula do Risco, 1996, Lisboa.

“Sensibilidades Femininas no Nosso Tempo”, 1998, Palácio Foz, Lisboa.

Livro de Artista, 1998, Sociedade Nacional de Belas Artes.

Catálogo Portugueses Enel MVM Museo Vostell Malpartida, pp. 23, 24 e 44, 45, 2001.

Livro “O Chão da Cidade” – Guia de Avaliação do Design do Espaço Público, edição do Centro Português de Design, pp. 79 e 138 a 141, 2002.

Revista Espaço Design, Fevereiro/Março 2004, “Espaço Escultura” Manuela Synek pp. 34 a 38.

Arquitectura e Cidadania, Atelier Nuno Teotónio Pereira, Edições Quimera, 2004, Lisboa.

Buarque: Uma Família Brasileira - ensaio histórico-genealógico, Bartolomeu Buarque de Holanda, Casa da Palavra, 2007, São Paulo.

Arte Urbana, Manuela Synek, pp. 22 a 29, 2010.

O experimentalismo na obra de Alexandre O’Neill, Dissertação de Mestrado, Sara Lacerda Campino, 2011.

Fernando Azevedo: Um Texto - Uma Obra, SNBA, pp.133 a 135, 2012.

Revista JAB 32 - Journal of Artists’ Books, Columbia College Chicago, 2012

Tarefas Infinitas - Quando a Arte e o Livro se limitam, 2012, Galeria de Exposições Temporárias, Fundação Calouste Gulbenkian.

“Sob o Signo de Amadeu”, um século de arte moderna, 30 Anos do CAM, Centro de Arte Moderna da Fundação Calouste Gulbenkian, catálogo virtual.

Habitação Plurifamiliar, 2ª edição.

 

© Irene Buarque 2016